Vejam um ciclista, ele gosta de ajudar as pessoas e de preservar a natureza

Olá Visitante
 


  Untitled Document

SETE CURVAS

4 2 6
5 3 1

Informações Gerais da Trilha

Nível de Dificuldade: DIFÍCIL

Distância: 50,7 KM

Ponto de Encontro: Mc Donald’s da Candangolândia, EPIA, ao lado do Motel Park Way.

(Ponto de encontro é o local que escolhemos para nos reunir para seguir em comboio de carros para o ponto de início da trilha)

Hora do Ponto de Encontro: 6:45 horas

Tolerância: 15 minutos

Ponto Zero: Agropecuária DF-290, na altura do km 10, em frente ao Clube Caiçaras

Duração média da trilha: 4 a 6 horas

Itens Obrigatórios: Capacete e Luvas

Preparação da Bike: Calibragem dos pneus, regulagem das marchas, lubrificação da corrente, verificação dos freios.

Planilha de Navegação Rebas: Imprimir e levar a Planilha de Navegação Rebas. Aos novatos, ao chegarem à trilha, solicitem aos coordenadores do Grupo orientação de como utilizá-la.

Entenda o que é uma Planilha de Navegação Rebas clicando aqui

Itens Recomendados:

1) Levar água suficiente para todo o percurso: entre 3 e 4 litros.
2) Procure ter um ótima noite de sono na véspera.
3) É recomendável não ingerir bebida alcoólica na véspera da trilha.
4) Tenha uma dieta rica em carboidratos no dia anterior ao evento.
5) Leve algum lanche para comer ao longo da trilha.
6) Leve a planilha de navegação.
7) Leve kit de ferramentas, kit reparo para furos, câmara de ar reserva, bomba de ar, rádio comunicador, celular, protetor solar, carteira de identidade, documento do plano de saúde e algum dinheiro para despesas esporádicas.

Estrela Reba:
Essa trilha é geradora de Estrela Reba. Ao completá-la você passa a ter direito de afixar uma Estrela Reba Branca no seu capacete.

Outras Informações:

É possível que antes de surgir no Rebas essa trilha já fosse frequentada por ciclistas do Distrito Federal ou de Goiás. Mas um fato de certo modo engraçado e arriscado despertou o interesse de alguns Rebas na região: na estreia da trilha Cajuzinho, em março/2013, alguns bikers erraram o caminho e foram parar lá nas proximidades do trecho da BR-060 conhecido como Sete Curvas. E a polêmica de onde ocorreu o erro rolou nas listas de discussão do Rebas durante toda a semana!

O percurso da trilha chega bem próximo das Sete Curvas, que dá nome à trilha. Desenvolve-se integralmente por estradas, ora estreitas ora largas e em alguns pontos com trânsito intenso de veículos, fato que merece muita atenção e bem destacado na planilha de navegação no trecho que vai do Km 22,2 ao Km 31.

E as longas descidas e subidas estão presentes. Das descidas, destaque para a que começa no Km 9, bem inclinada e veloz, e a que começa no Km 22,2, bem longa e com muito trânsito. E as subidonas! Uma boa começa no Km 12,5, outra no Km 26 e a partir do Km 31 elas predominam, sendo a mais pesada a que começa no Km 40,6 (o mesmo trecho da primeira descidona) batizada de “subidinha do um e meio”, justamente por ter 1,5km de subida.

Mas para ajudar a superar esses desafios, aproveite o visual da região, com muita área de cerrado, belos vales e passagens por áreas alagadas da represa Corumbá IV. E a trilha ainda é bem servida de pontos de apoio: tem bares/lanchonetes no Km 22,2 (empório Santa Fé), Km 22,8 (restaurante da Dª. Carminha), Km 31,5 (bar Pit Stop) e Km 40,4 (bar), ou seja, não falta opção para repor água e alimentos para encarar a trilha.

Recomendações

- Andar em grupo.

- Usar a Planilha de Navegação Rebas – PNR – ou GPS e rádio.

- Atenção com o trânsito de veículos, principalmente do Km 22,2 ao Km 31.

Exploratórios:

1º exploratório: 17/03/2013
Participantes: Perdidos na Cajuzinho.

2º exploratório: 02/02/2014
Participantes: Célio Ximenes, Alexandre Naves, Fernando Marques, Renato Caja, Carlos Washington, Abimael Gonçalves, Jean Albert, Arkemi Guedis, Lucas Calasans e Gean Dias.

3º exploratório: 02/03/2014
Participantes: Alexandre Naves, Célio Ximenes, Carlos Washington, Arkemi Guedis e Renato Caja.

4º exploratório: 03/05/2014
Participantes: Alexandre Naves, Célio Ximenes, Fábio (Bauru) e Fernando Miguel.

5º exploratório: 24/05/2014
Participantes: Célio Ximenes, Fábio (Bauru), João Campos, Lincoln Matias, Lúcia Martins, Márcio Willian, Vidonésio (Carlinhos), Marcelo Rodrigues, Abimael Gonçalves, João Lucas, Alessandro Medeiros, Alexandre Naves e Elza Sueli.


TOPO

Marca registrada Rebas do Cerrado - Nota de rodapé do site
Webdesigner: Débora Alves

A primeira versão deste site foi construída por Eliézer Roberto Pereira , Bob King, um dos fundadores do Rebas do Cerrado que infelizmente nos deixou em dezembro de 2004.

Posteriormente o nosso amigo Marcelino Brandão Filho, também fundador e coordenador do grupo por 6 anos, desenvolveu com dedicação ímpar uma nova versão. Marcelino faleceu em julho de 2013 e além do site deixou entre outros legados importantes a padronização dos procedimentos de operacionalização e condução dos eventos Rebas.

Mantemos a página principal o mais próximo possível do desenho original em homenagem aos dois fundadores.

As marcas Rebas® e Rebas do Cerrado®, bem como o logotipo® do grupo Rebas do Cerrado são Marcas Registradas® pelo Instituto Nacional de Propriedade Industrial(INPI), com todos os Direitos Reservados.