Vejam um ciclista, ele gosta de ajudar as pessoas e de preservar a natureza

Olá Visitante
 



  Informações Gerais da trilha IGREJINHA - Rebas do Cerrado e Canelas do Planalto

IGREJINHA
Informações Gerais da Trilha
TOBOGÃ
4 2 6
5 3 1
 

A trilha Igrejinha foi mapeada pelo grupo Canelas do Planalto com o qual o Rebas do Cerrado realizou parceria para inclusão do percurso no nosso calendário.

Nível de dificuldade: DIFÍCIL
Percurso total: 49 KM

Duração média da trilha: 4 a 5 horas

Ponto de Encontro: NÃO HAVERÁ
(Ponto de encontro é o local que escolhemos para nos reunir para seguir em comboio de carros para o ponto de início da trilha)


Ponto Zero (Início da trilha): Auto Posto Chaves, Rodovia BR-060, Km 13, sentido Goiânia.

Horário de concentração: 7:30 horas
Horário de início da trilha: 8:00 horas

RECOMENDAMOS:
1) Levar água suficiente para todo o trajeto.
2) Procure ter um ótima noite de sono na véspera.
3) Evitar ingerir bebida alcoólica na véspera da trilha.
4) Tenha uma dieta rica em carboidratos no dia anterior ao evento.
5) Leve algum lanche para comer ao longo da trilha.
6) Leve a planilha de navegação, se houver.

7) Revise sua bike (freios, pneus, marchas, lubrifique a corrente, ...).
8) Leve um kit de ferramentas de bike (bomba de ar, remendos, câmara de ar), rádio comunicador (canal 20.12), celular, protetor solar, carteira de identidade, documento do plano de saúde e algum dinheiro para despesas esporádicas.

ITENS OBRIGATÓRIOS:
Capacete, luvas e óculos.


5

PONTOS RELEVANTES DO PERCURSO: 

A trilha inicia e termina no Auto Posto Chaves e desenvolve-se em dois núcleos rurais, cortados pela DF-180, o Ponte Alta e o Casa Grande.  

O percurso é composto basicamente de estradão de terra, de fazenda, terreno com cascalho solto e com presença de valas. Passa ainda por dentro de uma propriedade particular que possui porteiras nos km 4,5 e 5,5. Essas PORTEIRAS DEVERÃO SER MANTIDAS FECHADAS. Atravessa-se a referida propriedade tanto na ida quanto na volta. Aproximadamente  no Km 17 é necessário cruzar a DF 180, o que deve ser feito com bastante atenção devido ao trânsito intenso. Mais adiante, na altura do km 18,5 inicia-se a subida da Naja que tem aproximadamente 3 km de extensão. É a hora de esquentar as pernas....rsrsrsrs
Na altura do km 31 chegamos a Capela São Francisco de Assis, localizada em um mirante de onde se tem uma visão privilegiada da região. A capela é conhecida entre os ciclistas por “Igrejinha” e é dessa alcunha que vem o nome da trilha.

Nunca é demais lembrar que as descidas devem ser feitas com muita cautela pois o risco de queda é grande.

Já no caminho de volta, na altura do km 37 do percurso, novamente é necessário atravessar a DF-180. Após 500 metros dessa travessia existe um bar e uma mercearia que podem servir como ponto de apoio, caso estejam abertos. Depois de uma subida com cerca de 1000m faltará apenas os últimos sete quilômetros na mesma estrada dos quilômetros iniciais, terminando no Auto Posto Chaves.

CURIOSIDADE

CAPELA DE SÃO FRANCISCO DE ASSIS

Capela São Francisco de Assis, a Igrejinha.Construída pelos moradores e inaugurada em 2004, a capela que também é conhecida como Capelinha do Vale, se destaca na vista panorâmica da área rural do Gama. Pequena, de arquitetura clássica, tornou-se um dos lugares preferidos dos noivos para celebrarem o amor, chegando a ter uma fila de espera de Capela de São Francisco de Assis, a Igrejinha.dois anos para agendamento da cerimônia. Erguida no alto de um morro, no Núcleo Rural Casa Grande, a cerca de 20 quilômetros do Gama, a estrutura extremamente harmoniosa da Capela de São Francisco de Assis impressiona pela beleza de seu conjunto arquitetônico.

 

Trilha IgrejinhaTrilha Igrejinha


TOPO

Marca registrada Rebas do Cerrado - Nota de rodapé do site
Webdesigner: Débora Alves

A primeira versão deste site foi construída por Eliézer Roberto Pereira , Bob King, um dos fundadores do Rebas do Cerrado que infelizmente nos deixou em dezembro de 2004.

Posteriormente o nosso amigo Marcelino Brandão Filho, também fundador e coordenador do grupo por 6 anos, desenvolveu com dedicação ímpar uma nova versão. Marcelino faleceu em julho de 2013 e além do site deixou entre outros legados importantes a padronização dos procedimentos de operacionalização e condução dos eventos Rebas.

Mantemos a página principal o mais próximo possível do desenho original em homenagem aos dois fundadores.

As marcas Rebas® e Rebas do Cerrado®, bem como o logotipo® do grupo Rebas do Cerrado são Marcas Registradas® pelo Instituto Nacional de Propriedade Industrial(INPI), com todos os Direitos Reservados.